Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar

POVO CIGANO

Ir em baixo

POVO CIGANO Empty POVO CIGANO

Mensagem por Mauricio D'Ogum em Dom 27 Maio 2012, 12:13

O grande lema do Povo Cigano é: " O céu é meu teto; a terra é minha patria e a liberdade é minha religião", traduzindo um espírito essencialmente nômade e livre dos condicionamentos das pessoas normais geralmente cercadas pelos sistemas aos quais estão subjugadas.
Em sua maioria, os ciganos são artistas ( de muitas artes, inclusive a arte circense) ; e eximios ferreiros, fabricandoseus próprios utencilios domésticos, suas jóias e suas selas. Os Ciganos sempre levaram uma vida muito simples, fabricando tachos, consertando panelas, vendendo cavalos ( atualmente vendem carros) fazendo artesanato ( principalmente em cobre o metal nobre desse povo) e lendo as cartas ciganas para ver a " buena dicha" ( boa sorte). Na verdade cigano que se preza, antes de ler a mão, lê os olhos das pessoas (os espelhos da alma) e tocam seus pulsos ( para sentirem o nível de vibração energética) e só então que interpretam as linhas da mão. A prática da quiromancia para o Povo Cigano não é um mero sistema de adivinhação, mas, acima de tudo um inteligente esquema de orientação sobre o corpo, a mente e o espírito; sobre a saúde e o destino. O mais importante para o Povo Cigano é interagir com a Mãe Natureza respeitando seu ciclos naturais e sua força geradora e provedora. Mitologicamente o Povo Cigano está ligado à Kali a deusa negra da mitologia hindu, associada a figura de Santa Sra, cujo mistério envolve o das "virgens negras", que na iconografia cristã representa a figura de Sara, a serva ( de origem Núbia) que teria acompanhado as três marias: Jacobina, Salomé e madalena, e , junto com José de Arimateia fugido da palestina numa pequena barca, transportando o santo Graal ( o cálice sagrado) , que seria levado por elas para um mosteiro da antiga Bretanha. Diz o mito que a barca teria perdido o rumo durante o trajeto e atracado no porto de Camargue, as margens do mediterrâneo, que por sua vez ficou conhecido como " Saintes Maries de la Mer", transformando-se desde então num local de grande concentração do Povo Cigano. Santa Sara é comemorada todos os anos, nos dias 24 e 25 de maio, através de uma longa noite de vigília e Oração, pelos Ciganos espalhados no mundo inteiro, com candeias de velas azuis, e flores e vestes coloridas; muita música e muita dança, cujo símbolo religioso representa o processo de purificação e renovação da natureza e o eterno "retorno dos tempos". Os Ciganos geralmente se reúnem em Clãs para festejar os ritos de passagem: o nascimento, a morte, o casamento e os aniversários. Estão sempre reunidos nos campos, nas praias, nas feiras e nas praças. Esse povo canta e dança tanto na alegria como na tristeza pois para o cigano a vida é uma festa e a natureza que o rodeia a mais bela e generosa anfitriã. Onde quer que estejam, os ciganos são logo reconhecidos por suas roupas e ornamentos, e, principalmente por seus hábitos ruidosos. São um povo cheio de energia e grande dose de passionalidade. São tão peculiares dentro do seu código de ética; honra a justiça; senso; sentido e sentimento de liberdade que contagia e incomodam qualquer sistema. Porem a comunidade cigana ama e respeita a natureza, os idosos e todos os membros do grupo educam as crianças de todos, dentro dos princípios e normas próprios de uma tradição puramente oral, cujos ensinamentos são passados de pai para filho ou de mestres para discípulo, através das estórias contadas e das músicas tocadas em torno das fogueiras acessas e das barracas coloridas sempre montadas ao ar livre( mesmo no fundo do quintal das ricas mansões dos ciganos mais abastados). Para o Povo Cigano, a Lua Cheia é o maior elo de ligações com: o "Sagrado" quando são realizados mensalmente os grandes festivais de consagração, imantação e reverenciação à grande "Madrinha". A celebração da lua Cheia, acontecem todos os meses em torno das fogueiras acesas, com dança e orações. Também para os Ciganos tudo na vida é "Maktub" ( está escrito nas estrelas), por isso são atentos observadores do céu e verdadeiros adoradores dos Astros. Os Ciganos praticam a Astrologia da mãe terra respeitando e festejando seus ciclos naturais, através dos quais desenvolvem poderes verdadeiramente mágicos. Gostaria de agradecer primeiramente a Deus por ter a oportunidade de conhecer a História deste Povo tão querido, alegre e tão cheio de energia. E agora quero agradecer por está aqui passando todas estas informações.


Postado por Cigana Samira


http://ciganasamira.blogspot.com.br/2007/08/alguns-smbolos-ciganos.html
Mauricio D'Ogum
Mauricio D'Ogum
Admin

Mensagens : 142
Data de inscrição : 10/11/2009
Idade : 44

Ver perfil do usuário https://umbandeiros.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum