Um Breve Conceito da Umbanda

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Um Breve Conceito da Umbanda

Mensagem por Mauricio D'Ogum em Qua 11 Nov 2009, 20:29

Toda a prática de Umbanda é gratuita, dentro do principio das leis de Deus: "Daí de graça o que de graça recebestes". A prática umbandista é realizada conforme Cristo disse: "Aonde estiver duas ou mais pessoas falando de Deus, ali estarei". A Umbanda não impõem os seus princípios, mas convida os interessados a conhecê-la melhor. A mediunidade, que permite a incorporação e comunicação com entidades mortas, algumas pessoas já trazem consigo desde o seu nascimento, independente da diretriz doutrinaria que lhe foi ensinada ou adote. A prática mediúnica só é aquela que é exercida com base nos princípios da Umbanda e dentro da moral étnica de Deus. A Umbanda respeita todas as religiões, que valorizem os esforços de praticarem o bem, que trabalham pela confraternização entre todos os homens independente de sua raça, cor, nacionalidade, crença ou nível cultural e social, e reconhece que "o verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei e a justiça, de amor, caridade, bondade, fé, brandura, autodomínio e pureza".

Guias
Entes puramente espirituais, dotados de personalidade própria, seres de luz que depois de cumprirem sua missão aqui na terra se manifestam nos médiuns para que exerçam o ofício de mensageiros entre as DIvindades e os homens e prestem caridade através de cura, passes e trabalhos especiais.

Sincretismo:
Durante a escravatura era proibido pela igreja católica a pratica de outra religião que não fosse o catolicismo. Para poder driblar os católicos e reverenciar os deuses africanos os escravos, observaram certas semelhanças entres os santos católicos e os orixás, pôr exemplo São lasaro que é deus das chagas com Omulu que também é o Orixá das pragas e doenças da pele senhor da vida e da morte, e batizaram as imagens dos santos associando a um orixá, embaixo dessas imagens era colocado as obrigações dos orixás assim eles podiam rezar para seus deuses que a igreja pensava que eles estavam rezando para a Santa Igreja Católica. Como isso aconteceu durante muito tempo, mesmo com a liberação das religiões e o fim do domínio da Igreja católica, esse Sincretismo já estava muito fundido nas tradições e hoje é quase impossível separar um santo católico dos deuses africanos.


Fonte: http://andresdasilva.sites.uol.com.br/conceito.html
avatar
Mauricio D'Ogum
Admin

Mensagens : 139
Data de inscrição : 10/11/2009
Idade : 43

Ver perfil do usuário http://umbandeiros.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum