Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Preces de Umbanda
Qui 18 Maio 2017, 21:08 por Mauricio D'Ogum

» ALVORADA DOS PRETOS VELHOS
Dom 16 Abr 2017, 12:16 por Mauricio D'Ogum

» Preconceito e Intolerância no facebook
Qui 02 Fev 2017, 20:21 por Mauricio D'Ogum

» Umbanda e o Dia de Finados
Qua 02 Nov 2016, 21:08 por Mauricio D'Ogum

» Umbanda e a Bíblia - Minha Visão
Sab 10 Set 2016, 23:23 por Mauricio D'Ogum

» EXÚ (Preservador do direito de livre arbítrio)
Ter 02 Ago 2016, 18:44 por Mauricio D'Ogum

» FOFOCAS NO TERREIRO
Sab 16 Jul 2016, 12:50 por Mauricio D'Ogum

» VIDEOS NO YOUTUBE
Sab 02 Jul 2016, 22:08 por Mauricio D'Ogum

» Pretos Velhos (“As vezes me chamam de negro”...)
Sab 02 Jul 2016, 21:59 por Mauricio D'Ogum

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar

+++++++Umbanda+++++++

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

+++++++Umbanda+++++++

Mensagem por Mauricio D'Ogum em Qua 11 Nov 2009, 21:03



Zélio Fernandino de Moraes -------------- 1º Centro de Umbanda


A Umbanda

A umbanda surgiu no Brasil no Rio de Janeiro, na cidade de Niterói em 15 de novembro de 1908, com o Caboclo das Sete Encruzilhadas incorporado pelo médium Zélio de Morais. Essa umbanda é totalmente baseada na doutrina de Kardec, que é chamada de umbanda branca, sem tambores e com um ritual bem mais ameno, que ainda hoje é seguida por algumas casas.
Com o passar dos anos alguns terreiros de umbanda sofreram influencias dos cultos africanos, mas também englobaram elementos católicos ( devido ao sincretismo africano ), da cultura oriental e da cultura indígena. Esse seria um afro mais simples, usa tambores e segue o ritual mais africano.
A umbanda é uma religião espiritualista, pois crê que em nos nem tudo é matéria, nem tudo é corpo, existindo algo mais, vida após a morte física.
Hoje em dia, a umbanda é uma realidade brasileira, professada por mais da metade da população, reverencia alguns orixás do povo de nagô e tem certa aproximação com cultos de Angola e Congo.
A umbanda tem passado por uma fase de degeneração pela falta de preservação da originalidade do culto, muitos dirigentes espirituais sem uma sólida educação religiosa e desconhecendo o preceito, se arvoram em abrir templos após colher apenas visualmente os princípios de diversos templos, uns certos e a maioria errados.
Existe uma grande corrente que não aceita o culto de orixás na umbanda, embora afirme ter algumas raízes africanas e sejam promotores de grandes festas de Iemanjá e Ogum, dois orixás muito reverenciados.
Hoje em dia, achamos que os umbandistas, principalmente seus dirigentes espirituais devem se despir da vaidade e virem estudar e debater sobre uma umbanda e seus problemas , somente assim, teremos uma religião forte, correta, pura e solidamente organizada.
Umbanda é religião, e nosso terreiro é um templo não só durante as sessões ou gira, mas pôr todas as 24 horas do dia.
A umbanda não se alimenta de nenhum tipo de preconceito, seja de cor , de credo, raça ou social, suas portas estão abertas a todas pessoas que estejam precisando de ajuda.
Somos uma religião da qual não importa a riqueza material, a profissão, a posição, sem nenhum outro aspecto que não a fé, a humildade, capacidade, a união e a fraternidade.
O que nos liga é um sentimento, mais que uma necessidade, temos que reconhecer inicialmente uma necessidade material ou emocional é que em geral traz as pessoas ao templo, mas a verdade é que a permanência dessa pessoa no convívio de templo ou na prática da caridade, já não é motivada pôr suas necessidades, mas sim pôr sua fé.
Inveja, ciúmes, ambições são coisa que não tem lugar entre nós, e que devemos evitar, pois mais cedo ou mais tarde elas se voltam contra nós mesmos.
Pôr isso, devemos manter dentro do templo uma atitude e respeito, consciência , razão e amizade fraternal para com todos os demais componentes do templo, o que forma um templo e umbanda é um ponto comum entre seus membros, sem esse ponto comum, não haveria templo, mas sim um amontoado e pessoas.
Umbanda é o mais belo dos templos, onde Deus mais aprecia ser manifestado ou mesmo onde aprecia estar no íntimo do ser humano.
Atualmente, existe uma grande troca de conhecimentos e experiências entre doutrinas umbandistas e kardecistas de forma ainda muito reservada, mas real.
A grande maioria dos templos de umbanda usa a doutrina kardecista como base, e os kardecistas (espíritas) já admitem alguns rituais outrora inviáveis como incorporação, os passes e pequenos rituais. A presença do preto velho e do caboclo já não constitui uma novidade.
O kardecismo é a doutrina codificada por Allan Kardec e prega o evangelho cristão como base no espiritismo, daí a necessidade de definirmos:
Espírita - Aquele que tem a relação com o espiritismo e que crê nas manifestações dos espíritos, é o que chamamos de Kardecistas.
Espiritismo - Doutrina fundada sobre a crença da existência, é a ciência que prova a existência e a natureza do mundo espiritual e suas relações com o mundo material.
Espirito Segundo Allan Kardec - um principio inteligente fora da matéria, é alma. A alma do homem sem seu invólucro carnal, estão por toda parte.
Espíritos são seres inteligentes da criação, que povoam o universo fora do mundo material e que constituem o mundo invisível, são almas daqueles que vieram sobre a terra ou em outras esferas.
Tem sua individualidade após a morte. É de natureza diferente da do corpo. Tem consciência própria. Em união com o corpo o espirito é o ser principal, o ser pensante e sobrevivente, o corpo é o acessório. Os espíritos pertencem a diferentes classes e não são iguais nem em saber, nem em moralidade. Os espíritos não permanecem eternamente na mesma situação. Todos tendem a se aperfeiçoar, passando por diferentes estágios, que são reencarnações. As reencarnações são sempre progressivas.
Espiritualista - O que tem relação com o espiritualismo, aqueles que crêem que em nós , nem tudo é a matéria.
Espiritualismo - é o sentido oposto ao materialismo, é a crença na existência da alma espiritual e imaterial, é a base de todas as religiões que acreditam na existência de espíritos fora da matéria: Umbanda, Bramanismo, Budismo, Catolicismo, e Cultos Afros.
avatar
Mauricio D'Ogum
Admin

Mensagens : 139
Data de inscrição : 10/11/2009
Idade : 42

Ver perfil do usuário http://umbandeiros.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum